França quer obrigar Brasil a trabalhar com ONGs na Amazônia

103

Governo brasileiro precisa aceitar trabalhar com ONGs e populações locais para receber apoio do G7, diz Macron.
O presidente da França, Emmanuel Macron, afirmou, nesta segunda-feira (26), que os líderes do G7 pretendem providenciar cerca de R$ 91 milhões em ajuda emergencial para combater os incêndios na Amazônia.

A maior parte do dinheiro será destinada ao envio de aviões Canadair de combate a incêndios.

O apoio do grupo dos países riscos vem com algumas condições.

Segundo o governo da França, além deste apoio aéreo, o G7 também concordou com uma assistência de médio prazo para o reflorestamento, a ser apresentado na Assembleia Geral da ONU no final de setembro, mas o Brasil teria que concordar em trabalhar com Organizações Não Governamentais (ONGs) e populações locais, informa o site G1.

Em rápida conversa com jornalistas, nesta segunda, o presidente da República, Jair Bolsonaro, questionou o interesse de Macron em auxiliar as ações de combate às queimadas na região amazônica.

“Macron promete ajuda de países ricos à Amazônia. Será que alguém ajuda alguém —a não ser uma pessoa pobre, né?— sem retorno? Quem é que está de olho na Amazônia? O que eles querem lá?”, indagou Bolsonaro.

COMPARTILHAR
Artigo anteriorDia do Matsuri em Hamamatsu
Thiago Crepaldi
Editor/Cameraman